Varal de Cordéis Joseenses

Contato: prbarja@gmail.com

(Sugestões de temas são bem vindas!)



sábado, 13 de junho de 2015

CJ 57 - Quem sofreu com Pinheirinho...

... Não quer a Via Banhado!

O Cordel Joseense 57, disponibilizado na íntegra a seguir, faz parte de um esforço de cidadãos joseenses para conscientizar a respeito da necessidade de preservação da área do Banhado, SEM a construção de uma via expressa ali:


Serpente cruel e dura,
maior até do que um trem:
quatro quilômetros tem,
30 metros de largura;
feita de ganância pura,
destrói o campo lavrado,
massacra o pobre coitado.
Nunca vi, mas adivinho:
Quem sofreu com Pinheirinho
não quer a Via Banhado!

Para quem não é daqui,
depressa vou explicar:
o Banhado é um lugar
dos mais lindos que já vi.
Fiquei triste quando ouvi
que estaria ameaçado
por empreiteiro assanhado
e governo sem carinho:
Quem sofreu com Pinheirinho
não quer a Via Banhado!

Área de preservação,
brisa fresca da cidade,
bem merece, na verdade,
ambiental proteção.
Pra que fazer construção
extinguindo um povoado
e deixando degradado
quintal nosso e do vizinho?
Quem sofreu com Pinheirinho
não quer a Via Banhado!

O projeto é elitista:
transformando casa em barro,
só prevê estrada pra carro!
Promete um monte de pista
só pra rico e pra turista,
pois o pobre é descartado,
expulso, desalojado
pra não ficar no caminho:
Quem sofreu com Pinheirinho
não quer a Via Banhado!

Argumento sem razão
tem quem diz que o ambiente
já não serve para a gente
porque tem degradação.
Ao contrário, meu irmão:
Sem discurso esfarrapado!
Seja então fiscalizado
o esgoto, bem direitinho.
Quem sofreu com Pinheirinho
não quer a Via Banhado!

Quem diz que o trânsito deve
melhorar, sabe que existem
alternativas. Se insistem,
é porque têm a mão leve...
O poeta aqui se atreve
a supor negociado
um recurso avantajado
por interesse mesquinho:
Quem sofreu com Pinheirinho
não quer a Via Banhado!

Nos Campos de São José,
três anos atrás, eu vi
desocupação aqui
e a gente perdendo a fé.
Achando não dar mais pé,
teve um povo que, acanhado,
recolheu-se assim, calado,
porém não está sozinho:
Quem sofreu com Pinheirinho
não quer a Via Banhado!

Cordelista joseense,
eu moro aqui bem no centro
da cidade, estou por dentro
e quero que você pense:
Via Banhado? Dispense!
É projeto equivocado,
que deixa o povo assustado,
sem mais flor, só com espinho:
Quem sofreu com Pinheirinho
não quer a Via Banhado!

Paulo R. Barja

3 comentários:

  1. Fiquei muito feliz em ler essas palavras, usei como tema de um trabalho de sociologia! Gratidão pelo dom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Puxa, eu é que agradeço! O objetivo maior com os Cordéis Joseenses é este: fomentar debate, educação e desenvolvimento de consciência crítica. Abraço!

      Excluir
  2. Apesar do projeto Via Expressa Banhado ser de uma imbecilidade atroz, perceba que logo,logo virará um grande pasto.
    1/3 do banhado é pasto (veja mapa de satélite) de algum latifundiário Energúmeno e mentecapto.

    ResponderExcluir

Vídeos (seleção)

Loading...