Varal de Cordéis Joseenses

Contato: prbarja@gmail.com

(Sugestões de temas são bem vindas!)



quarta-feira, 20 de abril de 2011

Versos para a Caravana do Seu Malaquias

   A primeira participação em Teatro de Mamulengos a gente nunca esquece... principalmente se for com um grupo tão bom como o Boneco Vivo...!
   Rolou ontem à tarde, no SESC: na Caravana do Seu Malaquias, tive a chance de dizer uns versinhos pra um certo chato que não se cansava de aprontar - ué, chato não se cansa mesmo, né?

Foto: Adriana Barja
   Mais tarde, na ciranda de encerramento, salpiquei uns versos de Jongo (salve, Mistura da Raça!) que pra mim condensam a beleza da cultura popular:

Joguei meu chapéu pra cima
Meu chapéu parou no ar
Eu gritei "Nossa Senhora"
(meu Deus do Céu)
Meu chapéu tornou voltar

Um comentário:

  1. Nossa mais uma linda surpresa!!!!!!! Você canta versos de Jongo!!!! Amo! Você conhece o grupo de Piquete de Jongo? Tem até um livro sobre eles!

    ResponderExcluir

Vídeos (seleção)

Loading...